PROCEDIMENTOS INVASIVOS

Procedimentos Invasivos

Procedimentos invasivos são punções feitas através do abdômen da mãe, que têm como objetivo, retirar algum material fetal para análise, principalmente o estudo do cariótipo do bebê (contagem do número dos cromossomos) ou pesquisa de doenças infecciosas, como toxoplasmose e zika.



Os procedimentos invasivos são realizados com controle ultra-sonográfico em tempo real. Podem ser de três tipos:


Biópsia de Vilo Corial (BVC)

Avalia o cariótipo fetal por meio da retirada de um fragmento da placenta. O exame é habitualmente realizado entre 11 e 14 semanas de gestação e o resultado é obtido entre 5 e 10 dias.


Amniocentese

A amniocentese é um método de diagnóstico pré-natal transabdominal de uma pequena quantidade de líquido amniótico. O exame é habitualmente realizado a partir de 15 semanas. Aconselhada aos pais perante a probabilidade de deformações genéticas ou infecções fetais


Cordocentese

Pela punção do cordão umbilical, coleta-se o sangue do feto, que é utilizado tanto para avaliação do cariótipo fetal como para realização de exames, como hemograma, sorologias e dosagens bioquímicas no sangue do feto. O exame é habitualmente realizado a partir de 15 semanas de gestação.


©2016 Todos os direitos reservados